Saiba tudo sobre bloqueios de iPhone

Bloqueio por IMEI

Saiba tudo sobre bloqueios de iPhone. Ao adquirir um aparelho a preços subsidiados no Brasil você é obrigado a assinar um contrato de fidelidade de no máximo 12 meses com a operadora (prazo estipulado pela Anatel). No exterior esse prazo de fidelidade pode chegar a 2 anos. Durante esse período seu chip estará bloqueado (simlock), impedindo que você migre ou faça a portabilidade para outra operadora – a não ser que você pague uma multa pelo cancelamento antecipado do contrato. Resumindo, não existe almoço grátis: você vai acabar pagando o valor cheio do aparelho embutido nas suas faturas mensais. Se pesquisar, provavelmente vai encontrar o mesmo aparelho bem mais em conta e sem fidelização.
 

Desbloqueio via IMEI

O desbloqueio de iPhone oficial é feito apenas pelo iTunes e diretamente nos servidores da Apple. Isso é possível em qualquer aparelho GSM vendido no Brasil ou no exterior. Ao processarmos o IMEI do seu aparelho no banco de dados da Apple ele será desbloqueado totalmente, ficando livre para aceitar qualquer Chip (simcard) e qualquer atualização que exista ou que venha a ser lançada no futuro. Esse processo é definitivo, pode demorar alguns dias e é 100% garantido. Garantimos o desbloqueio ou devolvemos seu dinheiro integralmente.

Desbloqueio x Ativação

Para que o desbloqueio de iPhone seja efetuado, seu aparelho deve estar ativado no banco de dados da Apple. Ao conectar um aparelho novo que nunca foi usado ao iTunes, você terá que ativá-lo e fazer o registro do mesmo. Para fazer esse processo é necessário o chip (cartão sim original da operadora em que o aparelho foi comprado). Após a ativação desse chip, o aparelho pode ser desbloqueado. No caso de aparelhos que estavam em uso anteriormente, a ativação já foi feita e o desbloqueio pode ser completado.

Por favor não confunda Desbloqueio com Ativação!

Blacklist (Lista Negra)

Ao comunicar à operadora a perda ou roubo do seu aparelho, o número de IMEI do mesmo será incluindo imediatamente no EIP – Equipment Identity Register (Registro de Identificação de Equipamentos), o que evitará o uso indevido do aparelho na rede da operadora. Após essa inclusão, o IMEI será transferido para a CEIR – Central Equipment Identity Register (Central de Identificação e Registro de Equipamentos) – que é uma lista negra de aparelhos (Blacklist) compartilhada por todas as operadoras de telefonia móvel, tornando o aparelho incluído inutilizável em todas elas. Todas as operadoras nacionais e internacionais compartilham o CEIR.

Um telefone pode ser colocado na lista negra por várias razões, sendo as mais comuns: perda ou roubo, pendências financeiras ou quebra de contrato com a operadora de origem.

Cada vez que você liga seu aparelho ou tenta fazer uma chamada, o sistema de rede da operadora verifica seu IMEI e cruza esses dados com os da CEIR. Caso seu IMEI conste na lista, a rede irá:

1. Recusar-se a enviar um sinal para seu telefone ou,

2. Fornecerá o sinal, mas não permitirá que qualquer chamada seja feita ou recebida.

Cada celular tem um número de identificação único. Este número chama-se IMEI (Identidade Internacional de Equipamento Móvel). Na maioria dos aparelhos basta digitar no teclado *#06# que o IMEI aparece na tela e é composto de 15 dígitos.

 

© 2022 Desbloqueio de iPhone Seguro e Permanente

Logotipos e marcas de terceiros são marcas comerciais de seus respectivos proprietários. Todos os direitos reservados